segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Irrompa tuas janelas!!

(cena do filme "Amor Além da Vida")

O Eu que habita em mim, saúda o Eu que habita em ti!

Por vezes.. colocamos cortinas em nossas janelas.. cortinas que não nos permite ver lá fora.. mas que também também não permite que se veja por dentro... Mas.. e em nossa vidas.. quantas vezes já não fechamos.. quantas vezes deixamos de permitir que pudessem nos ver por dentro?.. quantas vezes deixamos de ver o que há lá fora??...

Será que a chuva ou tempestade lá fora não há ser realmente, enxergada?.. Será que os desafios que a vida nos impõe não deveriam ser realmente notados??.. E quantas vezes já perdemos um primeiro raio do Sol ou uma brisa refrescante por termos esquecido aquela janela fechada??.. Quantas vezes já não deixamos de sorrir por evitar um abraço, um olhar, ou uma palavra de um ente querido?...

Há sim.. de se ter dias onde o vidro estará fechado para que tormenta não danifique a morada.. mas há de se lembrar que após a tormenta o Sol reaparece.. de que a cortina precisará estar aberta para  que se possa perceber que a tormenta se foi.. para então poder novamente.. apreciar o lá fora...

E por quantas vezes.. não construímos nós mesmos janelas internas.. janelas que nos escondem de nós mesmos.. janelas que não nos permitem ser quem realmente somos??...

Pense nisso.. irrompa toda janela que o limite...

Ótima semana!
Paz e Luz