segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Irrompa tuas janelas!!

(cena do filme "Amor Além da Vida")

O Eu que habita em mim, saúda o Eu que habita em ti!

Por vezes.. colocamos cortinas em nossas janelas.. cortinas que não nos permite ver lá fora.. mas que também também não permite que se veja por dentro... Mas.. e em nossa vidas.. quantas vezes já não fechamos.. quantas vezes deixamos de permitir que pudessem nos ver por dentro?.. quantas vezes deixamos de ver o que há lá fora??...

Será que a chuva ou tempestade lá fora não há ser realmente, enxergada?.. Será que os desafios que a vida nos impõe não deveriam ser realmente notados??.. E quantas vezes já perdemos um primeiro raio do Sol ou uma brisa refrescante por termos esquecido aquela janela fechada??.. Quantas vezes já não deixamos de sorrir por evitar um abraço, um olhar, ou uma palavra de um ente querido?...

Há sim.. de se ter dias onde o vidro estará fechado para que tormenta não danifique a morada.. mas há de se lembrar que após a tormenta o Sol reaparece.. de que a cortina precisará estar aberta para  que se possa perceber que a tormenta se foi.. para então poder novamente.. apreciar o lá fora...

E por quantas vezes.. não construímos nós mesmos janelas internas.. janelas que nos escondem de nós mesmos.. janelas que não nos permitem ser quem realmente somos??...

Pense nisso.. irrompa toda janela que o limite...

Ótima semana!
Paz e Luz

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

A utopia se desfaz quando a descrença se desfaz

"A utopia se desfaz quando a descrença se desfaz" 

EU o saúdo!!

Não podemos negar que a humanidade desenvolveu grande conhecimento, hora feitos que pareciam inimagináveis tornaram-se parte de nosso cotidiano. Cidades foram erguidas onde até milhões de pessoas podem morar, estradas passaram a ligar cidades, meios de transporte surgiram transportando milhares de pessoas de suas casas para o trabalho, máquinas e até pessoas já foram enviadas ao espaço... são uma pequena parte de grandes feitos...

Na maioria dos casos, tais feitos originaram de várias pessoas pensando juntas, com um objetivo claro de onde chegar... O que nos mostra o quanto somos capazes de criar quando trabalhando juntos...

No entanto, a maioria destes feitos se originaram para atender a um público bem restrito, e por vezes apenas para atender a demanda de uma empresa ou até mesmo de uma única pessoa...

Como seria imaginar.. tantas pessoas, tantas mentes trabalhando em prol de um bem comum? Em prol realmente de uma.. sociedade? E a vida humana, como seria num ambiente cujo objetivo fosse de possibilitar o melhor.. para todos?

Ainda que pareça intangível, quem sabe possamos começar com nosso colega do lado, e quem sabe talvez a cada pequena interação, não possamos ir tornando este mundo mais humano...

Ótima semana!! Permite que esta ideia se instale internamente, contagie esta ideia!!

Paz e Luz

domingo, 18 de setembro de 2016

Seja teu caminho!!

"Como evitar que uma gota seque? Atire-a ao oceano!" [do filme Samsara]

Saúdo a seu Eu!

Possamos por um momento nos colocar a pensar.. e quem sabe poder neste exato momento contemplar um rio ou a chuva a cair.. mesmo que seja em nossas memórias mais distantes ou não.. Como que tomando por entre as mãos um punhado de água.. e nos dando conta.. ali.. de cada gota.. de cada pequena molécula.. ali.. compondo aquele punhado de água...

E possamos por um momento imaginar.. qual o percurso teria percorrido aquele punhado de água.. se teria ele se precitado junto a chuva.. ou surgido em uma nascente.. quem sabe até uma ou outra gota tenha se juntado as demais após o orvalho da manhã.. de que talvez tenha trafegado pelos rios mais distantes.. de quantas curvas.. de quantas quedas.. de qual trajeto teria feito para chegar até aqui.. agora por entre nossas mãos...

Podemos até pensar por um momento.. de qual seria o trajeto ao devolver este punhado de água para seguir seu caminho.. seria ele o de ajudar no crescimento de uma flor?.. ou na alimentação de um raro animal em meio a floresta mais densa e intocada.. e quem sabe ainda assim depois vários ciclos de idas e vindas.. imaginando que em mais ou menos tempo.. estas mesmas moléculas poderiam chagar um dia até o oceano.. se juntando a um número incalculável de outros iguais.. sendo todos um só...

E se.. pudéssemos por um momento.. ver esta experiência de vida.. sendo nós mesmos como uma molécula de água.. seguindo um trajeto.. mas com a possibilidade de traçar esse caminho.. o que faríamos? qual seriam nossas escolhas? qual o destino que queremos chegar? seríamos todos.. um só.. novamente?...

Ótima semana!! Sejam todas as curvas na direção de Teu destino..

Paz e Luz

domingo, 26 de junho de 2016

Mantenha-se firme ao caminho do meio

"Como evitar que uma gota seque?.. Atire-a ao oceano" [Filme Samsara] 

Te reconheço, te saúdo!

Por vezes.. a vida parece se apresentar como que atraente em dado momento.. ou por aversão em outros.. e nós ficamos meio que como desorientados.. afinal.. não nascemos prontos com todas as respostas.. nem conhecedores de todos os caminhos...

Talvez.. seja como um rio.. que desde sua nascente vem tecendo suas curvas.. sobrepondo as pedras.. algumas quedas.. hora mais agitado.. outrora em calmaria.. carregando com sigo várias e várias vidas.. levando alimento a alguns.. o refresco a outros...

Mas ele segue.. cada pequena partícula dele segue seu rumo.. ainda que inconsciente de onde chegará.. sem se prender as margens.. sem ser atraído pelos mais belos campos ao seu lado.. sem se afastar de possíveis agressores ao seu rumo.. ele segue seu rumo.. por entre suas margens.. ele segue...

Mas.. em nossas vidas.. quantas vezes deixamos de seguir um "rumo" por ser atraído a facilidades da vida ou nossos próprios desejos?.. ou ainda.. quantas vezes por receio e aversão deixamos de seguir nosso.. "rumo"...?

Pense nisso.. já percebendo a ti mesmo.. navegando em teu caminho.. ciente das margens.. de todas as curvas e pedras por vir.. de todas que já passaram.. mas acima de tudo.. ciente de que a jornada pode continuar...

Ótima semana!!

Paz e Luz

domingo, 5 de junho de 2016

Alguns fins nos devastam ou, nos libertam?!??

Por vezes.. nos vemos como que despedaçados, destruídos por circunstancias que não esperávamos.. como os fins de ciclos em nossa jornada...

Mas.. será mesmo que todos estes fins nos foram prejudiciais?.. quantos deles não nos moldaram a ser o que somos hoje?.. Como seria hoje.. guiar uma bicicleta, sem aquelas primeiras quedas?.. 

E mesmo na vida adulta.. quantos "nãos" nos fizeram estar hoje mais bem preparados?.. os tropeços que já tivemos, nos fizeram deixar de andar??...

Pense por um momento.. ao final dessa jornada.. o quanto de aprendizado já está levando consigo.. e lembre o quanto deste aprendizado.. pode deixar.. teu caminho mais suave.. mais.. livre??...

Pense nisso!!..
Ótima semana!

Paz e Luz

domingo, 8 de maio de 2016

Viva sua própria história

Saúdo-te!

Em tempos mais remotos.. quando a realidade do dia a dia ainda nos permitia embarcar nas história contadas.. ou talvez ao ler um livro.. quantas vezes nos víamos como parte da história?.. quando éramos capazes de escutar os sons, perceber todas as cores, o calor do Sol tocando a pele.. histórias que se tornavam ali.. nossa realidade...

Por ser que, nos últimos tempos.. não tenhamos mais nos deixados levar por estas histórias.. pode até ser que sequer estejamos nos permitido apreciar uma boa história.. mas.. o quanto da capacidade de se colocar em uma nova realidade será que realmente perdemos?.. 

E ainda.. o quanto da realidade que percebemos é mesma que àqueles próximos a nós também percebem?.. seria a realidade um ponto de vista?.. seria essa nossa realidade a história que embarcamos e tomamos para nós?...

Possamos imaginar.. ainda que por um breve momento.. sendo nossa realidade a forma como percebemos a vida.. assim como outrora percebíamos a vida nos livros ou histórias contadas.. e se assim o fosse.. podíamos vez ou outra mudar de livro.. mudar de história.. e vivenciar uma nova realidade.. então.. como seria.. viver a realidade que pudéssemos escolher... assim como quem.. muda uma história?...

Possamos agora então.. já nos percebendo enxergando nossa realidade.. como sendo nossa própria percepção de uma história.. de nossa história.. o quanto da história que "contamos" torna nossa realidade como queremos.. e mais.. qual história terei hoje.. qual história vou viver amanhã.. para.. finalmente.. ter um novo início...

Ótima semana!!

Paz e Luz

domingo, 1 de maio de 2016

Já percebeu tua ternura no dia de hoje!??


Eu o saúdo!!

Por vezes.. nos pegamos a pensar.. que ao passar dos anos.. dos caminhos que nos trouxeram até aqui.. das experiências que nos tornaram o que somos hoje.. e de que talvez.. uma certa magia de vida tenha ficado lá atrás.. em tempos de onde só restam as sensações mais tenras...

Mas.. o que teria mudado desde então.. por que tais momentos são hoje tão distantes.. por que as sensações maravilhosas de outrora nos são hoje negadas?...

Talvez.. num certo nível.. tenhamos nos esquecido de como reconhecer a ternura em nosso redor.. e quem sabe ao não reconhecer.. como poderíamos nos perceber recebendo momentos de pura ternura?...

Dizem.. que a ternura está em torno lugar.. no balançar dos galhos de uma árvore numa tarde de outono.. no cantar de um pássaro lá distante.. na aproximação de um animal sem esperar nada em troca.. quantos mais.. quantos destes momentos realmente nos demos conta?.. quantas destas demonstração acabamos por inconscientemente afugentar?

Pende nisso.. invista poucos segundos a cada demostração.. esteja consciente do retorno em seu redor..

Ótima semana!! Plena de atenção e ternura..

Paz e Luz

segunda-feira, 21 de março de 2016

Empreenda em tua senda!!


Quantas vezes não nos questionamos a nós mesmos "o que falta".. como que se soubéssemos que algo estaria faltando.. ainda sem saber o que seria?.. Quem sabe.. como numa caverna.. totalmente escura...

Por um breve momento.. lembre das imagens de grandes florestas.. com todas as cores de suas árvores mais altas.. o canto de aves livres.. o cheiro da terra ainda úmida pelo orvalho do amanhecer.. um horizonte que se forma até onde os olhos podem alcançar.. e então.. seria também razoável imaginar.. que debaixo de toda esta floresta.. ainda existam as mais diversas formas.. minérios.. raízes.. animais.. e até mesmo.. cavernas...

Pois então agora.. enquanto já percebendo a possibilidade real de existir.. cavernas nas maiores profundezas.. talvez uma caverna tão profunda.. mas tão profunda.. que pode ser que nunca receba um mínimo feixe de luz.. uma caverna totalmente escura que sequer se possa enxergar sua real extensão.. ali.. escondida por entre sua própria escuridão.. todas as suas belezas e tesouros que possa conter.. ali.. totalmente.. sob a escuridão...

Mas.. perceba já que sabe que em uma caverna assim.. tão profunda.. sem sequer um feixe de luz do Sol.. um simples vela.. uma pequena luz.. já seria o suficiente para iluminar toda a caverna.. mostrando toda a sua beleza interior.. todos seus detalhes e esplendor..

E agora.. perceba-se lembrando.. de quando foi a última vez que.. realmente.. ascendeu em você mesmo a sua luz.. não importando a maneira como se deu.. mas de quantas respostas ela trouxe.. enquanto que ao mesmo tempo já vai se dando conta.. que basta uma fagulha.. uma pequena centelha.. para manter sua luz acesa.. clareando todo o seu próprio interior.. trazendo todos os seus detalhes.. em sua perfeita imperfeição...

Ótima semana!! Adentre, ilumine e descubra a sua caverna!!!
Paz e Luz

domingo, 13 de março de 2016

Por entre nós


Por vezes.. caminhamos por caminhar.. olhamos por olhar.. falamos por falar.. agimos por agir.. por vezes.. somos sem saber quem somos...

Mesmo que ainda.. que dia ou outro.. nos questionemos de onde isso vem.. para onde isso vai.. acabamos por nos deixar ir.. ainda se saber porque ir...

E mesmo quando não somos levados a agir de certa forma.. pode acontecer de nos sentirmos presos.. amarrados.. como que atados a uma teia.. uma teia que não nos permitisse ir ver para além.. enxergar o que vem após ela.. ir através dela...

Mas.. mesmo ainda por um breve instante.. pudermos aquietar a ver.. parar ao tentar observar o que existe para além.. e por entre um e outro nó na teia.. pode ser consigamos ver um pouco.. e pode ser ainda que.. mesmo que de uma forma desconhecida.. logo após ver por esta pequena abertura.. a teia se transforme em uma grande tela.. uma tela prestar a romper.. rompendo todo bloqueio para ver além.. muito para além.. muito mais longe.. muito maís próximos de nós mesmos...

Ótima semana!! De grandes percepções!!!
Paz e Luz


segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Sê o eterno aprendiz!

"Quando uma mente se expande por uma ideia nova, ela nunca mais volta ao seu tamanho original" - Oliver Wendell Holmes

Possamos nos lembrar.. de momentos mais tenros.. onde ainda não tínhamos este cotidiano.. este dia a dia de automatismos que nos entorpecem.. nos lembremos.. que outrora não fora assim.. onde o dia a dia era tempo de descobertas.. tempo que a cada novo dia.. a cada novo manusear.. um novo aprendizado...

Pode ser que talvez.. venha memória os primeiros anos de escola.. que entre brincadeiras as mais diversas cores.. que entre lápis e massas coloridas... construía-se um novo mundo próprio.. quantos.. quantos destes pequenos mundos.. ali.. criados sobre uma mesa ou até mesmo no chão.. quantos daqueles minutos dedicados a novas experiências e brincadeiras.. o quanto daqueles momentos não nos fizeram o que somos hoje.. não é mesmo??...

O quanto de cada nova ideia que tivemos naquela época.. não nos levou a mais uma nova ideia no dia seguinte?.. ideias maiores.. arrojadas... e dia a dia.. íamos.. ali, a cada nova ideia.. produzindo outra ainda maior.. mais complexa.. o quanto desse tempo não nos fez o que somos hoje?...

É fato que crescemos.. e que de um certo ponto... tomamos todo aquele aprendizado de outra hora.. para empenhá-los na vida que nos foi sendo apresentada.. mas.. por que deixamos de continuar a ampliar nossas ideias??...

Possamos agora.. ainda que não mesmo por um pequeno instante,, nos lembrar de como até aqui chegamos.. enquanto que já vamos percebendo no mesmo instante.. que podemos continuar.. que em meio a nossa vida atual.. que podemos.. continuar.. a  nos permitir novas ideias.. novas maneiras de enxergar e compreender.. de continuar a nos permitir.. expandir nossas capacidades.. a cada novo ciclo...

Sê o eterno aprendiz!!

Paz e Luz!

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Inteirize-se


Eu o saúdo!!..

Quantas vezes.. já observamos.. os mesmos nos foi dito.. sobre nossas diferenças.. que nascemos já classificados.. como homens e mulheres.. e ao longo da vida vamos continuamente sendo classificados.. pobres e ricos.. cristãos e não-cristãos.. e por aí vai...

Mas.. e se de alguma forma pudéssemos agora mesmo imaginar ainda que por um instante agora.. de que todos nós possuímos as mais diversas características.. e que em maior ou menor proporção.. todas elas fizessem parte de nós.. como que onde uma termine a outra continue.. formando um todo...

E assim sendo.. percebendo-nos como um conjunto de várias partes unidas.. num contínuo movimento de vida.. como seria.. como é vivenciar-te a ti mesmo como um todo.. pleno de tuas partes.. inteiro.. numa inteireza da perfeita imperfeição de teu Ser...

Ótima semana!!

Paz e Luz _/\_



sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Sinto-me nascido a cada momento.. Para a eterna novidade do Mundo...

"...Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo..."

Com gratidão por um ciclo indo, eu o saúdo em um novo ciclo vindo!!

A cada aniversário.. a cada fim de ano escolar.. a cada fase que passamos.. a cada ciclo que se finda.. refletimos.. novos planos.. e por vezes.. novos planos podem vir com novos anseios.. mas.. será que assim deveríamos caminhar nossa estrada?...

É fato que talvez devamos olhar para frente ao caminhar.. também para esquerda e direita quando novo rumo tomar.. e hora ou outra olhar para trás.. observando o quanto já andamos.. Mas.. possamos nos perceber lembrando de outras épocas.. de anos mais antigos.. de uma infância outrora bem vivida.. onde o caminhar era diferente.. onde caminhávamos destemidamente.. a cada nova descoberta.. um novo brincar.. um novo amigo.. tempos de grandes.. grandes passos.. vividos ali.. a cada momento...

Pois são estes meus votos para este novo ciclo.. o caminhar o novo.. com o olhar de uma eterna inocência..

Feliz novo ciclo!! Sejam teus passos envoltos em sua própria pureza!!

Paz e Luz!