segunda-feira, 30 de março de 2015

Continue a travessia pelo caminho do meio


Olá,

Quem já atravessou um ponte pênsil, ou já viu uma em um parque ou até mesmo nos filmes?...

Ao fazer uma travessia, notamos que ela leva de um um extremo ao outro, sustentada por cordas ou cabos. E assim, a cada passo que damos vamos nos apoiamos nas tábuas que pisamos, e cada uma destas tábuas, também é apoiada em seus extremos pelo próprio cabo que sustenta a ponte pênsil em toda a extensão da travessia...

Mas, se observarmos nosso cotidiano, quantos exemplos semelhantes podemos notar? Quantos desafios temos de atravessar a cada instante? Quantas vezes já nos pegamos a observar os extremos que sustentam essa travessia? Ou ainda, quantas tábuas, quantos passos temos que dar, a fim de chegar ao outro lado? E cada um destes passos também  é sustentado por seus extremos?...

Na ponte pênsil, quanto mais próximos forem os extremos, menor a chance a tábua se romper... Talvez, assim seja também na vida, quanto mais ao centro caminharmos, evitando continuar a andar nos extremos, mais tranquila seja a travessia, e mais rapidamente cheguemos ao outro lado... Pense nisso!!

Ótima semana!
Paz e Luz.

terça-feira, 10 de março de 2015

Inspira-te e Respire!


Saudações!

Em tempos mais remotos, em nossa infância, podemos nos lembrar de momentos felizes, talvez ao iniciar os primeiros rabiscos coloridos sobre uma folha, ou até mesmo criando formas com uma massinha colorida, momentos não muito longos, mas momentos que nos levavam a uma outra realidade, a uma conexão com o presente, ali mesmo, naquele momento presente...

Pode ser que tenhamos acessados regiões de cérebro de pura criação e inspiração, regiões que nos levavam a experienciar momentos sublimes em simples ações.. regiões essas que aos poucos a maioria de nós foi perdendo o contato.. e também sobre como vivenciar aqueles momentos sublimes...

Mas, e se pudéssemos hoje experienciar novas atitudes, novos caminhos, como seria? Talvez, assim como em outra época experienciávamos as cores nos desenhos, possamos hoje mesmo começar a nos propor novas situações, novas experiências, e então talvez, possamos acessar aqueles momentos de inspiração pura, de conexão pura, com o momento presente, com a vida presente...

Novos olhares, novas percepções, sabedorias antigas, e talvez sejamos cada vez mais nós mesmos...

Ótima semana! Buscai olhar, sê ti mesmo..

Paz e Luz

"E um dia você abre os olhos..
Mesmo sem saber por quanto tempo eles ficaram fechados..
Mesmo sem saber por quantas vezes eles já fecharam e abriram..
Os dias passam, os olhos se fecham, se abrem..
Mais um ano, mais um abrir de olhos, de quantos mais não há como saber..
Mas sempre as bençãos de mais um dia, mais uma oportunidade para abrir os olhos...
Gratidão _/\_ I do believe!" [Rodrigo Santos - 08/03/2015]

Vídeo de: Marta Ceul