quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Buscai olhar




Saúdo-te!!

Quantas vezes já não nos deparamos com situações e pessoas que aparentemente só tinham olhos para elas mesmas? Quantas vezes nós mesmos não agimos assim?? Aquelas situações quando "donos" de nós mesmos se quer dávamos o direito de olhar para o lado?

Talvez possamos nos lembrar agora mesmo.. de momentos na infância.. de quantas vezes com um simples levantar de olhos éramos surpreendidos por um rosto familiar, um olhar, um sorriso seguido de um colo extremante aconchegante... Ou ainda quando nosso olhar era super atento aos amigos num simples pique-esconde encontrava só gargalhadas... Quantos e quantos aprendizados tais olhares ao nosso redor já nos trouxeram nesta experiência?...

Pode ser que alguns de nós já tiveram a experiência de ver uma criança caída no chão, talvez machucada em uma brincadeira, chorando, apenas precisando de um abraço onde todas as dores desapareciam junto com o choro.. o quanto aquele abraço significou para ambos?...

E quantas vezes nós mesmos nos sentidos como que perdidos.. ainda que por um simples instante.. paramos para olhar para dentro de nós.. ou para cima.. e no mesmo instante o caminho a seguir surgiu como que por mágica...

Quantas vezes.. nossos olhares já nos trouxeram as respostas? E até mesmo nos deixou mais próximo de nós mesmos, próximos de tudo?...

Por vezes, pode acontecer que depois de tempos olhando e percebendo, crescendo e aprendendo, julguemos não ser mais necessário... Mas, quantos outros aprendizados deixamos de ter? Quantos sequer saibamos que perdemos ao não permitir olhar?...

Possamos continuar a nos permitir a olhar, ao mesmo tempo que já olhando vamos percebendo todas as respostas, todos os caminhos, toda a proximidade e a inteireza através de nós.. ao simples permitir olhar...

Paz e Luz!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Quando o início está no fim


Saúdo-te!!

Por vezes.. podemos nos perceber como que.. chegando ao fim de um ciclo.. e mesmo sem saber porque.. nos sentindo não motivados.. menos alegres...

Possamos nos lembrar.. que algumas leis talvez podem ser universais.. assim como na natureza.. quando noite se encerra para o início de mais um dia.. ou quando a neve derrete e leva vida aos riachos.. ou ainda quando a larva deixa de existir para voar como borboleta.. a vida continua.. continuam os ciclos de fim e novo começo...

Talvez também tenha sido assim em nossas vidas.. quando deixamos a vida no ventre de nossas mães para crescer neste mundo exterior.. ou quando deixamos de usar rodinhas em nossa bicicleta.. ou ainda quantos mais outros acontecimentos de mudanças.. de ciclos que se encerram para que outros possam começar??...

Que saibamos deixar um ciclo se encerrar.. enquanto que já vamos percebendo o novo se iniciar.. neste contínuo ciclo desta vida.. continuamente perfeitamente imperfeito...

Linda semana!!
Paz e Luz!

domingo, 22 de setembro de 2013

Todo inverno se torna uma primavera

Saudações!!

Mais uma vez, podemos observar a transformação na natureza.. ao alcance de um simples olhar podemos ver as cores, sentir os perfumes.. toda a exuberância das flores que se abrem das plantas...

Plantas essas que outrora pareciam até que sem vida.. como que aguardando o fim de uma jornada.. mas isto apenas para nossos olhos.. pois elas apenas se preparavam em seu momento.. respeitando todo o ciclo de sua existência.. dia a dia.. passo a passo.. tempo a tempo.. para mostrar toda a sua alegria na forma de cores e perfumes...

Quantas vezes não nos observamos como que.. apenas.. respirando.. como que isso fosse toda a nossa existência.. talvez sem motivação para continuar.. ou força para mudar...

Quem sabe possamos ainda nos lembrar de nossa infância.. de como em queda em queda aprendíamos a andar.. como de letra em letra aprendíamos a escrever...

Possamos hoje mesmo.. nos percebendo percebendo.. enquanto já sabendo que sabemos.. dos vários ciclos que já se passaram em nossas vidas.. de cada inverso se tornando uma nova primavera.. de cada nova estação ao final de um ciclo.. possamos hoje mesmo.. nos preparar em nosso momento.. repeitando cada ciclo.. e.. tempo a tempo.. a exuberância de nós mesmos possa transbordar...

Uma semana com as mais lindas cores!!
Paz e Luz

domingo, 8 de setembro de 2013

Semeie seus frutos hoje mesmo!!


Por vezes.. numa viagem de carro ou ônibus.. ao olhar para um dos lados podemos observar.. nos campos mais longínquos.. plantações quase que sem fim..

Podemos nos lembrar que ali.. uma a uma.. cada uma daquelas planta se originou de uma semente.. uma pequena semente que desencadeou todo este ciclo de vida.. acontecendo de uma pequena semente até uma grande planta.. que poderá levar alimento a diferentes lares.. ou poderá até mesmo originar outras novas plantas.. a partir de apenas uma semente.. ali plantada...

E o que dirá uma grande árvore frutífera.. que ali.. a partir de uma simples semente.. hoje gigantesca.. repleta de frutos.. de toda a vida que se acolhe sobre seus galhos.. ali..

E como é em nossas vidas.. em nossa plantação.. que sentimentos plantamos.. o que colhemos ali depois.. que pesamentos disseminamos.. e ali crescem.. que ações estamos semeando.. que frutos estamos ali colhendo??..

Possamos nós.. hoje mesmo.. já nos perceber percebendo.. enquanto realmente já percebemos quais serão as sementes cuidadosamente escolhidas.. aquelas que vamos plantar.. cuidar.. observar crescer.. colher os frutos.. ali mesmo.. hoje mesmo!!!

Paz e Luz
Uma semana repleta de bons frutos!!

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Um ato.. uma infinidade de novas possibilidades!!..



Saudações!!!

Por vezes.. passamos por passar.. como que sem perceber.. a beleza em cada detalhe.. em cada ato da natureza.. talvez como que se, em nosso dia a dia, eles não estivessem presentes...

Quantas e quantas vezes.. ao caminharmos apressados para nossos compromissos.. não passamos desapercebidos por estes pequenos milagres da mãe natureza?.. o que dizer de centenas de formigas que ali transportam o alimento para outras milhares?.. ou ainda do caroço de uma pequena fruta que vem ao solo, logo após um pássaro se alimentar de sua polpa?...

Quem não se lembra das plantas.. quando ao chegar da primavera sua flor nos traz todas as cores e perfumes?.. de onde vem tamanha motivação, tamanha dedicação?.. pequenos atos trazendo uma consequência de outros milagres.. partindo da beleza e perfume da flor.. capazes atrair pequenos animais.. que por sua vez levarão seu pólen até outras flores.. que gerarão frutos.. e estes alimentarão outros animais.. que ajudarão a semear suas sementes.. onde novas plantas nascerão.. onde um novo círculo virtuoso se iniciará.. a cada ato.. cada pequeno milagre.. sendo gerado pela beleza que brota do interior de uma planta...

Como seria.. como é?.. hoje mesmo.. perceber já se percebendo enquanto já se percebe que se pode.. hoje mesmo.. permitir brotar.. todas as infinitas possibilidades interiores.. toda a beleza interior.. enquanto já observando o desencadear dos pequenos milagres.. hoje mesmo.. como é!?!...

Uma semana cheia de bons frutos!!!
Paz e Luz

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Busque-se!!!



Saúdo-te!!!

Em outra época.. quando como que a preocupação fosse outra, ou talvez sequer existisse.. havia um tempo onde o tempo era como se fosse somente nosso.. um tempo onde talvez tenhamos sido mais próximos de nós mesmos...

Muitos podemos nos lembrar.. das brincadeiras da infância.. dos jogos entre amigos.. de cada risada.. cada pequeno machucado dolorido com seu momento de diversão que o antecedera.. das disputas nas brincadeiras.. das simples e mais completas brincadeiras sob a chuva de verão.. da terra e água que podia se transformar em qualquer coisa que nossa criatividade ordenasse.. das várias.. várias brincadeiras.. dentre elas o pique esconde era mais uma...

Aquela brincadeira que hora nos escondíamos de um.. hora procurávamos por vários.. naquele momento onde iniciávamos a contagem.. ao mesmo tempo que já imaginávamos onde estariam eles escondidos.. e ao findar da contagem os olhos se abriam e se iniciava a busca.. enquanto um a um era descoberto ou surgia de repente.. mas alegria de ver novamente.. um a um.. ali reunidos de novo.. mesmo sabendo que não estavam em outro lugar senão por ali mesmo.. naquele tempo.. quando estávamos felizes de saber que ali eles estavam.. ainda que os olhos estivessem fechados...

E hoje.. em meio ao dia a dia.. como seria.. como é.. hoje abrir os olhos já sabendo que estão ali.. ou ainda dentro de si.. aquilo que precisamos hoje mesmo.. ainda que não tenhamos percebido.. mesmo já se percebendo enquanto sabe que ali está.. em nós mesmos.. novamente o tempo onde éramos mais próximos de nós mesmos.. mesmo que ainda estejamos contando de olhos fechados.. mas hoje.. cientes que tudo está ali.. a um passo para dentro.. já se sentindo felizes de estarmos reunidos em nós novamente...

Que se inicie novamente a busca!!

Paz e Luz

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Por onde caminhamos...

Saudações!!!

Por vezes.. em nosso dia a dia.. agimos como que por nós mesmos.. como que sem perceber como somos influenciados pelo ambiente.. e como podemos influenciar por onde estamos...

Quem sabe seja.. no futuro ou agora mesmo.. como podemos observar na natureza.. ao caminhar por um jardim.. onde se pode até sentir a textura de cada pequena folha, uma a uma.. os perfumes das flores.. as cores dos frutos.. o som dos pássaros.. e ao tocar a água límpida de um lago.. quem sabe até encontrar ali.. no fundo de um lago.. uma pedra.. ali, como que repousando no fundo do lago...

Pode até ser que.. nos observemos observando.. ao mesmo tempo que já nos questionamos.. de como aquela pedra ali chegou.. de onde veio.. para onde vai..

Imaginando que nem sempre ela esteve ali.. que pode ter sido trazida a superfície por alguma movimentação de terra muito tempo atrás.. e que em um dia de intensa chuva pode ser sido levada a um rio longínquo.. e depois levada a uma cachoeira.. chegando a este lago que agora observamos.. e hoje ali, repousando.. é capaz de represar um pouco da mesma água que outrora a levava de um lado para outro.. podendo até criar caminhos por onde peixes devam nadar.. quem sabe até proteger algum animal em sua encosta.. mas ali, em seu repouso.. podemos até imaginar.. que talvez um dia ela se desfaça em minúsculos pedaços.. e seja novamente levada por estas mesmas águas...

Como seria.. perceber as águas que nos levam para lá e para cá em nosso dia a dia.. e em como nós mesmos vamos moldando o caminho que cada rio que encontramos deverá percorrer.. como será.. saber ao mesmo tempo que já nos percebemos percebendo.. as inter relações em nossa vida.. nossas e pedras e rios...

Um ótimo dia! Um rio com todas as suas curvas, perfeitamente imperfeito!!
Paz e Luz

terça-feira, 25 de junho de 2013

Restituindo o lar


Estamos juntos!!

Após séculos e séculos.. a maneira de se construir uma casa não mudou muito...
Em grande parte das construções são utilizados tijolos que, um a um.. dispostos da maneira correta.. vão formando a base.. dando sustentação.. erguendo.. e após a estrutura pronta.. vem o acabamento.. as cores... E um dia estando pronta, torna-se um lar...
Pode até acontecer que tempos depois.. até nos esqueçamos dos tijolos ali por traz do acabamento e tinta.. os tijolos que dão a sustentação a tudo...
Mas.. por vezes.. pode ser necessário reparar a casa.. e por traz do acabamento novos tijolos são novamente posicionados.. um a um.. e juntos são capazes de manter a casa.. o lar.. novamente.. como ele realmente deve ser...

De tempos em tempos.. pode ser necessário reparar uma casa.. um país.. e novamente podemos observar o que sustenta uma casa.. o que realmente forma um país.. sendo necessário a disposição correta dos tijolos.. a mobilização de um povo.. dando a sustentação.. fortalecendo um ideal.. de forma a manter a casa.. para que um país seja  o lar do povo.. um país que possa sempre se lembrar de que ele é formado pelo povo.. tijolo a tijolo.. pessoa por pessoa...

Sejamos novamente a sustentação deste lar!!!
Como será no dia que posicionar seu tijolo hoje mesmo!?!
Paz e Luz

terça-feira, 21 de maio de 2013

Sob o vento caminhamos


Saudações!

Por vezes.. nos percebemos a pensar.. em como toda a nossa vida.. todos encontros e desencontros.. sonhos realizados e ainda a realizar.. de onde viemos.. para onde onde vamos.. porque caminhamos...

Talvez seja a vida como o vento.. e sejamos cada um partícula de ar deste vento.. indo e vindo.. passando pelos mais diversos lugares.. a todo momento...

E ainda.. mesmo que sem perceber.. estamos ao vento.. com a oportunidade de continuar a caminhar...

Paz e Luz,
Rodrigo.


Dust In The Wind  - Kansas (Poeira ao vento)

I close my eyes (Eu fecho meus olhos)
Only for a moment (Apenas por um momento)
And the moment's gone (E o momento se foi)
All my dreams (Todos os meus sonhos)
Pass before my eyes, a curiosity (Passa diante dos olhos uma curiosidade)
Dust in the wind (Poeira no vento)
All they are is dust in the wind (Tudo que eles são é poeira no vento)

Same old song (A mesma velha música)
Just a drop of water (Apenas uma gota de água)
In an endless sea (Em um mar infinito)
All we do (Tudo o que fazemos)
Crumbles to the ground (Desmorona sobre a terra)
Though we refuse to see (Embora nós nos recusamos a ver)
Dust in the wind (Poeira no vento)
All we are is dust in the wind, ohh (Tudo o que somos é poeira no vento)

Now, don't hang on (Agora, não fique esperando)
Nothing lasts forever (Nada dura para sempre)
But the earth and sky (Apenas o céu e a terra)
It slips away (Isto escapa)
And all your money (E todo o seu dinheiro)
Won't another minute buy (Não comprará outro minuto)
Dust in the wind (Poeira no vento)
All we are is dust in the wind (Tudo que somos é poeira no vento)
Dust in the wind (Poeira no vento)
Everything is dust in the wind (Tudo é poeira no vento)
The wind (O vento)


terça-feira, 30 de abril de 2013

Reflexo de nós mesmos



Por vezes.. observamos nosso próprio reflexo em um espelho na parede, ou até na água.. como que procurando à nos mesmos em meio aquela imagem...

Quem sabe.. podemos ainda até sorrir ao se lembrar de como era nossa viagem em um daqueles espelhos que distorcem a o reflexo.. ou ao observar nosso reflexo sobre as ondulações da água.. e, ainda assim.. sabendo que se trata de nosso reflexo...

Mas, e se.. em meio a todas as turbações de nosso dia a dia.. ou até mesmo nos momentos de grande felicidade.. pudéssemos ver um pouquinho de nosso reflexo neles.. talvez como fora outrora em um daqueles espelhos.. ou por sobre as ondulações da água.. como seria.. como é ver um pouco dessa imagem.. hoje...

Ótima semana!!! Sejam todos reflexos acolhidos..
Paz e Luz

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Seja a união!!



Eu o saúdo!

Em inúmeras vezes, como agora, nos vemos ao observar o céu em busca de imagens fascinantes de pequenos astros em contato com nossa atmosfera terrestre...

E como não imaginar, que lá, de algum ponto longínquo neste infinito Universo, estes meteoros partiram em uma longa jornada, e ainda quem saber qual seu destino final, aqui chegaram a Terra, trazendo-nos lindas imagens e cores... Como que de infinitas possibilidades estes meteoros chegaram até aqui..

Podemos quem sabe até nos lembrar de outros tempos.. tempos onde em meio as brincadeiras apontávamos para estrelas.. tempos que nos dávamos tempo a observar a imensidão do Universo.. tempos onde talvez sequer questionávamos a distância das estrelas.. como que sendo próximas a elas.. logo ali.. ao apontar o dedo para elas...

Quem sabe hoje, ao observar as estrelas mais uma vez.. possamos experienciá-las com este olhar de outros tempos.. onde tudo estava ali.. bem próximo.. como que sendo parte de nossa brincadeira.. como sendo parte de nossa vida novamente.. ao mesmo que tempo que já vamos nos lembrando que somos todos um...

Ótima semana!!
Seja a união iluminada pelas estrelas novamente!!
Paz e Luz

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Respiremos nossos sonhos novamente

Saúdo-te,

Há algum tempo.. ou recentemente.. pode ser que já tenhamos passado por algum tipo de situação que nos aterrorizava.. como que se estivéssemos sendo consumidos por um fogo de medos e preocupações...

Ás vezes, observamos uma chama com certa curiosidade.. de como ela surge?.. de como ela existe? A ciência diz que para o fogo existir, são necessários ao menos três elementos: o combustível, o calor, e o oxigênio.. e que sem algum destes elementos, sem sequer o oxigênio, o fogo não existiria...

Lembramo-nos também de quando crianças.. talvez em uma festa de aniversário, quem sabe até em nossa própria festa mesmo.. de uma vela sobre um bolo.. uma chama.. e de um desejo que levado pelo ar de nosso sopro.. extingue o fogo.. levando nosso sonho, nosso desejo.. a algum lugar...

Como seria.. hoje.. não alimentar as aflições que nos consomem.. como que retirando o oxigênio que sustenta seu fogo.. e extinguindo a chama com o sopro de nossos sonhos.. como vai ser experimentar novamente.. hoje...

Uma semana cheia do sopro em seu caminho... possamos deixar de respirar os obstáculos.. enquanto que já passamos a respirar nossos sonhos.. agora...
Paz e Luz

quinta-feira, 28 de março de 2013

Possamos ver além da superfície


Saudações,

Por vezes.. ao assistir um filme, ou até mesmo sentados em uma praia.. podemos observar, lá ao fundo uma ilha.. grande ou não, mas lá, distante.. como um pequeno ponto separado de nós...

Ainda observando esta ilha.. talvez possamos agora perceber.. que esta ilha é além daquilo que vemos..  muito além da superfície que vemos, e que abaixo d'água, ela alcança o fundo do mar.. o mesmo fundo de mar que ao se aproximar do continente, se a torna praia onde estamos.. enquanto que assim já vamos nos dando conta que, na realidade esta ilha lá longe, não está assim tão separada de nós...

Podemos já ir percebendo que a água do mar que parecia separar a ilha de nós, na realidade nos aproxima ainda mais, nos conecta.. do fundo do oceano a ambas as praias.. e suas ondas levam um pouco da ilha até nós, e de nossa praia para a ilha...

Quantas vezes já não nos percebemos como sendo uma praia?.. Como que observando os outros lá longe, separados de nós.. Como que se a vida não estivesse aí, nos aproximando.. conectando...

Possamos nós observar todas as "ilhas", ao mesmo tempo que já nos percebemos lembrando que temos todos o mesmo "fundo do mar", e que neste "mar" da vida somos todos unos...

Paz e Luz

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Iluminar o vazio

Saudações,

Em certos momentos durante a vida, podemos nos perceber a senti-se como que perdido, sem saber ao certo que rumo tomar, como que se não pudéssemos ver, mesmo que ainda enxergando, talvez vendo apenas obstáculos no caminho, ou se quer o caminho...

Quem sabe seja como que entrar em um quarto escuro com apenas uma lanterna na mão, num quarto com muitos móveis e objetos, procurando algo ou uma saída, mas a luz da lanterna apenas aponta os objetos mais próximos, não alcançando a sala por completo...

Mas, se pudermos parar por um instante a procura, e aos poucos ir movendo um móvel para um canto e outro, já nos vendo observando que a sala vai se tornando mais aberta, que agora a luz da lanterna alcança muito mais longe, que agora já podemos encontrar a saída da sala...

Então, pode ser que até saibamos que um dia poderemos entrar em uma sala desta novamente, e já nos percebemos movendo os objetos de forma a deixar a sala mais fácil de atravessar, deixando que a luz da lanterna ilumine toda a sala, mostrando o caminho da saída...

Como seria hoje, agora, ao enfrentar situações como que sem saída.. como é apenas parar por um breve momento, e deixar que os objetos de pensamentos saiam da sala da mente.. ao mesmo tempo que a luz ilumina nosso caminho, nossas decisões... apenas parando e deixando a luz se mostrar...

Paz e Luz!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Sejamos um novamente

Saudações...

Em uma tarde sob o pôr do Sol, sentado a beira de um rio, ao observar a beleza da natureza, ao tocar e perceber a textura da menor das menores folhas de grama, ao sentir a brisa que sopra trazendo um sutil perfume incomum.. podemos nos perceber percebendo, ainda que mesmo que não saibamos, como parte de tudo isso...

Nosso dia a dia, com todas as idas e vindas, horários para sair e chegar, mantendo nossa mente em contínua preocupação com nossos afazeres, por muito e muito tempo, vai nos afastamos desta sensação de parte deste todo, como que tivéssemos rompido com esta conexão.. no entanto, já levando nossa lembrança o mais distante possível em nossa infância, vamos nos lembrando de que a conexão sempre existiu.. relembrando de quando nos maravilhávamos com as cores de tudo novo que descobríamos, da felicidade que sentíamos com o som dos animais, de nosso grande interesse com os aromas de tudo que encontrávamos.. percebemos.. que já percebíamos o mundo com maior proximidade, maior conexão...

Talvez, podemos até mesmo perceber que as relações com nossos entes queridos eram.. de certa forma.. mais próximas? como nossos amigos e um amor fraternal que superava uma briga em menos de cinco minutos?.. talvez, tenhamos tido na inocência da infância as maiores experiências de conexão, de unidade..

E hoje.. assim como o pôr do Sol ainda pode ser observado, como o canto de um pássaro ainda pode ser escutado, como o aroma de uma flor ainda pode ser sentido, e como aquela criança que experienciava o mundo ainda existe.. como seria?.. ainda que por um minuto apenas.. experienciar a conexão, a unidade...

Tenhamos um dia pleno, e ainda que por um minuto apenas, possamos nos lembrar de ser um!!

Paz e Luz


terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Reciclando um novo ciclo

Eu te reconheço e saúdo!!

Por vezes, nos deparamos com algumas situações ou imagens que nos fazem refletir.. como vulcões ativos podem destruir vilarejos inteiros, e como ilhas paradisíacas se formam de vulcões outrora ativos.. ou como chuvas torrenciais podem levar tanta destruição a uma região, e levar tanta vida a outra.. como que de um mesmo fator, levando a resultados tão distintos...

Pode ser ainda que, em escala menor, possamos encontrar estas situações em nosso dia a dia.. como um simples "bom dia" pode surtir as mais diferentes reações em nós ao longo de um ano.. ou quem sabe até, ao chegar em casa e encontrar o animal de estimação, por vezes não tenhamos reagido com grande alegria, ou rejeição.. ou ainda, ao vermos um sorriso no rosto de alguém, quantas vezes o retribuímos com outro sorriso, ou indiferença.. mesmos fatores, diferentes resultados...

Talvez, seja isto parte de nossa perfeita imperfeição, como que uma forma de nos conhecermos, de conhecermos nossas reações.. e assim, nos conhecendo a nós mesmos, quem sabe estejamos caminhando para mais um passo a frente.. e passo a passo.. aprendizado a aprendizado.. o caminho para nosso destino.. para nosso plano inicial...

Ótima semana!!
Seja este novo ano repleto de novas descobertas de nós mesmos!!
Paz e Luz