quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Cuidando de nossos bandos...

Saudações!!

Por vezes.. nos percebemos meio como que atraindo coisas que não agradam.. que às vezes podem nos deixam menos felizes...

Podemos perceber na natureza grandes exemplos.. talvez como algumas aves.. aquelas que voam em bandos.. pequenos ou grandes.. como um família.. juntas elas voam grandes distâncias.. encontram onde se alimentar.. podem até se proteger.. e em comum todas tem.. uma mesma plumagem.. uma mesma forma de ser.. uma forma de se reconhecerem e estarem juntas...

Como poderia ser.. para nós estarmos no meio do que nos agrada.. daquilo que nos faz mais felizes.. mesmo que pouco a pouco.. mas nos levando para frente.. nos preenchendo.. se sentindo mais seguros.. assim.. já sabendo que aquilo que nos faz bem.. já está fazendo parte de nós.. como parte de nosso próprio bando...

E como é perceber.. que como as aves.. temos nossas próprias plumagens.. na forma de pensamentos, emoções e ações.. e que.. de uma maneira perfeitamente imperfeita.. mesmo que ainda diferente das aves.. podemos mudar nossas plumagens.. e.. percebendo-se percebendo isso.. já vamos nos lembrando.. de não nos esquecer de se lembrar.. de decidir.. agora.. como será nossa plumagem.. na forma de como queremos ser nosso bando...

Ótimo voo! Em seu próprio bando...

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Percebendo os caminhos

Nestes tempos.. escutamos a todo momento que estamos em transição.. que as mudanças estão acontecendo...

Talvez seja como num dia de chuva.. quando nos abrigamos e a aguardamos passar.. ou quando buscamos algo com o que se proteger e a enfrentamos.. seguindo o caminho...

O fato é que a cada dia.. a cada minuto.. estamos enfrentando mudanças e obstáculos.. e assim que os percebemos vamos buscando novos caminhos.. novas maneiras de seguir em frente...

Talvez seja essa uma de nossas maravilhas de ser.. de poder se adaptar constantemente.. de poder perceber o primeiro desafio.. enquanto que ao mesmo tempo já vamos descobrindo como superá-lo.. como que se quase pudéssemos desviar das gotas de chuva em nosso caminho.. apenas olhando-se para dentro.. de nós mesmos...

Como é.. como pode ser.. perceber-se percebendo dono de todas suas possibilidades...

Ótima semana!!!